Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Lua de mel… Onde?

| 09/09/2014 | 21:10

_ Amor, vamos fazer aquela viagem bem romântica, aqui no Brasil mesmo, num resort lindo, de repente um quarto com piscina privativa, jantar incluído para não precisar se preocupar com nada? E é um voo curto, aqui perto, nem precisa fazer mala grande!

_ Ah, olha, vamos fazer algo internacional, podemos deixar uma viagem destas, aqui no Brasil, para um feriado. Vamos aproveitar que temos tempo e ir mais longe, conhecer alguma coisa diferente, aproveitar que nós temos um dinheirinho guardado e aproveitar bastante.

_ Então já sei, vamos para o Tahiti! Continua sendo romântico, aquele mar azul transparente, imagina? Da para ficar bastante tempo. Duas semanas de papo para o ar, nadando com tartarugas e milhares de peixinhos (que meigo!).

_ Bom, aí já começa a me dar “coceira” de imaginar um lugar sem wi-fi fácil, ou mesmo sem um agitinho um pouco maior. É muito parado. Tudo bem que é inesquecível e muito a cara de lua de mel, mas não poderia ser algo um pouco mais movimentado? (nessa hora, amansa a fera!)

_ Ok, tenho uma ideia, passamos uma semana nas Maldivas, praia, sol, descanso e depois a gente fica mais um tempo em Dubai (aproveita e faz umas comprinhas) ou em Istambul na Turquia, deve ser maravilhoso! E tem tudo o que você falou (começa a perder a paciência)

– Mas tem um detalhe… Se eu fosse o Bill Gates seria tranquilo, mas talvez o dinheiro que a gente tem para investir na viagem não dê para tudo isso. Pode ser algo agitado, romântico, internacional, e com um preço menor?
Com razão, ela perde a paciência.

Vocês estão vendo como não é fácil escolher uma lua de mel? E isso porque eu coloquei o diálogo muito, mas muito resumido. É uma infinidade de destinos, orçamentos, sonhos, pesquisas, vontades. Mas é um “trabalho” gostoso! Tanto de quem procura (os pombinhos) como de quem ajuda a procurar, nós agentes de viagens.

Tem que ser uma viagem bem planejada. Afinal, você vai querer se lembrar dela para sempre, do mesmo jeito que vai durar o casamento! E não importa se no final das contas a opção será um hotel de gelo no meio da Groenlândia ou uma cabana em Tristão da Cunha (essa vai ter que buscar no Google). O importante mesmo é os dois estarem felizes e seguros da escolha.

Agora estou do lado de cá da mesa. Sou um passageiro em busca da minha lua de mel! E estamos nos divertindo muito nessa busca do lugar “perfeito”. Porque planejar uma viagem também é uma experiência, você começa a viajar ali, no sofá de casa, na sala de jantar. Em meia hora já deu a volta ao mundo, mais rápido que o Dr. Phileas Fogg.

No fim das contas, onde escolhemos? Itália! Sicília, Costa Amalfitana e fechando com chave de Turmalina da Paraíba (bem mais valiosa que chave de ouro) Capri.

Comeremos muitos frutos do mar, camarões do tamanho de banana da terra, tomaremos gelato de fragola com taças de espumante, compraremos latas e latas do mais saboroso azeite de oliva e voltarei cheio de novidades para contar. Não se esqueçam de entrar no site abaixo da “Dica da Semana”. É inspirador! Até a volta!

ALEXANDRE MASSOTI é jundiaiense de coração, agente de viagens e cidadão do mundo. Formado em administração de empresas, atua na área de turismo há 20 anos. e-mail: alexandre@rosamassoti.com.br


Link original: https://www.jj.com.br/turismo/lua-de-mel-onde/
Desenvolvido por CIJUN