Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Turquia: entre palácios, mesquitas e cavernas

| 29/06/2014 | 00:00

Quem nunca estudou ou ouviu falar sobre a cidade de Constantinopla, que no ano de 330 se tornou a capital do Império Romano? A cidade, por conta de outras várias invasões, também recebeu outras denominações, como Bizâncio, Nova Roma, Tsargrad, Miklagard, até chegar, no século 10, ao nome que conhecemos como Istambul.

Não é para menos que a hoje metrópole turca, uma das maiores do país, tem muita história para contar em cada esquina. Para quem gosta de explorar os lugares a pé, pode fazê-lo facilmente em Istambul, evitando assim o complicado e congestionado trânsito local, além da possibilidade de poder se perder e apreciar os bairros frequentados pelos locais, com seus atrativos exóticos.

Mas se estiver cansado, também é possível utilizar o transporte público, como o metrô ou tram, uma espécie de bonde, que passa pelos principais pontos turísticos do Centro da cidade. Entre os atrativos estão a magnífica Mesquita Azul, ou Sultan Ahmet Camii, construída entre 1605 e 1617, com seus esplêndidos azulejos desenhados em diferentes tons de azul, daí o seu nome.


Link original: https://www.jj.com.br/turismo/turquia-entre-palacios-mesquitas-e-cavernas/
Desenvolvido por CIJUN