Últimas

Brasil tem 164,8 mil mortes e mais de 5,8 milhões de casos de covid

País registra 164.855 óbitos, média móvel de casos da doença tem tendência de alta


divulgação
Jundiaí completa 11 dias sem novas mortes confirmadas por covid-19
Crédito: divulgação

O Brasil tem 164.855 mortes e 5.811.713 casos por coronavírus confirmados até as 8h deste sábado (14), segundo o consórcio de veículos de imprensa.

Mortes: 164.855
Casos: 5.811.713


Desde o último balanço consolidado, divulgado às 20h de sexta-feira (13), apenas o governo de Goiás divulgou novos dados.

No balanço da noite de sexta, o Brasil tinha 164.855 mortes e 5.811.699 casos. Nas últimas 24 horas até então, foram registradas 523 mortes e 29.052 casos.

Os estados de São Paulo e Paraná não divulgaram dados de mortes na sexta, e alegaram problemas no sistema do Ministério da Saúde em que os registros são efetuados. O secretário-executivo da pasta, Élcio Franco, disse que há indícios de que a pasta tenha sido alvo de ataques cibernéticos.

Média móvel de casos tem tendência de alta
A média móvel de novas mortes por dia no Brasil é de 403, o que representa queda de 5% em duas semanas. A variação indica que o país voltou à faixa de estabilidade (sem altas ou baixas significativas nas mortes) após 12 dias em queda.

Já a média móvel de novos casos registrados por dia é de 25.599, crescimento de 17% em duas semanas, o que indica ou tendência de alta, o que não acontecia desde 30 de outubro.

O Distrito Federal e 7 estados estão com tendência de alta nas mortes: Santa Catarina, Mato Grosso, Acre, Amapá, Roraima, Tocantins e Rio Grande do Norte.

Em alguns casos, o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Consórcio de veículos de imprensa
Os dados sobre casos e mortes de coronavírus no Brasil foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal.


Notícias relevantes: