Últimas

Enem: portões de escolas e faculdades são fechados e provas começam em meio a polêmicas e pandemia

A prova deste domingo (17) compreende as áreas das Ciências Humanas e da Linguagem


Os portões do Enem se fecharam pontualmente às 13h. A prova deste domingo (17) compreende as áreas das Ciências Humanas e da Linguagem, incluindo perguntas de matérias como História, Geografia e Língua Portuguesa, portanto, a famosa redação.

POLÊMICAS


O Enem 2020, sendo realizado em 2021, povoou os noticiários. Primeiramente com os pedidos de adiamento no primeiro semestre de 2020, em razão da pandemia - solicitação atendida, que adiou o exame para janeiro de 2021.

Apesar do adiamento, não foi como os participantes solicitaram: a resposta de uma consulta pública realizada pelo Ministério da Educação (MEC) indicava a preferência pela realização das provas em maio de 2021.

Com a proximidade do exame e o agravamento da pandemia no Brasil e no mundo, novos pedidos de adiamento começaram a surgir em janeiro de 2021.

O Inep (Instituto Nacional de Educação e Pesquisa Anísio Teixeira), responsável pelo Enem, afirmou que o adiamento das provas estava fora de cogitação.

O aumento de casos em Manaus e o colapso do sistema de saúde no estado do Amazonas fizeram com que o governo local bloqueasse a aplicação do Exame em todo o estado, enfrentando risco de cancelamento da prova.

INFORMAÇÕES SOBRE O EXAME

 

A prova continua no próximo domingo (24) com as questões da área da Matemática e das Ciências da Natureza, que compreendem matérias como Biologia, Física e Química.

Os resultados oficiais serão divulgados em 29 de março, e os sistemas de seleção a partir da nota do Enem — SISU (Sistema de Seleção Unificada), FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) e ProUni (Programa Universidade para Todos) — devem ser acionados em abril.


Notícias relevantes: