Últimas

Pedido de vistas adia para final do mês análise de edital do 5G


Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Acesso internet celular
Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) adiou para o dia 24 de fevereiro a reunião que deverá analisar a proposta de edital para a internet de quinta geração (5G) no país. O adiamento se deve ao pedido de vistas feito pelo presidente da agência, Leonardo de Morais, sob a alegação de que precisava fazer mais algumas análises, após a manifestação do relator da proposta, Carlos Manuel Baigorri.

Segundo Morais, algumas das proposições da relatoria, relacionadas a compromissos que deverão ser assumidos pelos participantes do leilão, precisam “ser objeto de maior reflexão”. Entre os compromissos citados pelo presidente da Anatel está o de levar conectividade a localidades na Amazônia.

Um outro fator que influenciou o pedido de vistas foi a portaria publicada na sexta-feira (29), por meio da qual o Ministério das Comunicações pede “a construção de infraestrutura para a Rede Privativa de Comunicação da Administração Pública Federal”.

Apesar do pedido de vistas, Morais afirmou que a matéria voltará à pauta a tempo da reunião do Conselho Diretor, prevista para o dia 24. O edital em questão trata da licitação para uso das frequências de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz, a serem destinadas ao 5G.


Notícias relevantes: