Últimas

Sambódromo do Anhembi recebe pintura em defesa da vacinação


Sambódromo do Anhembi recebe pintura em defesa da vacinação
Crédito: Reprodução/Internet

Sem carnaval este ano por causa da pandemia de covid-19, o Sambódromo do Anhembi, na capital paulista, recebeu hoje (13) uma pintura especial para estimular as pessoas a se vacinarem contra a covid-19.

A pintura é parte da campanha chamada Todos Pelas Vacinas, organizada por diversas instituições ligadas à divulgação científica, com apoio de integrantes de escolas de samba e do carnaval paulistano.

A mensagem Todos Pelas Vacinas foi pintada na passarela do Anhembi, por onde teriam, nessa madrugada, desfilado as escolas de samba de São Paulo, caso o carnaval não tivesse sido adiado.

Além da pintura na passarela do samba paulistano, duas princesas, um casal da velha guarda e o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da escola de samba Vai-Vai passaram pelo Anhembi para homenagear o carnaval e chamar a atenção para a campanha.

A diretora de Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC), Kimberly Mann, destacou que a mensagem da campanha não é somente de âmbito nacional. “A superação da pandemia depende da nossa solidariedade, de uma cooperação global contra o vírus que seja transparente, equitativa e justa”, disse.

Ela ressaltou ainda que somente quando a vacinação atingir todos os países “o turismo e economia voltarão à ativa” e será possível realizar desfiles de carnaval. “É por isso que a mensagem Todos Pelas Vacinas é tão poderosa, pois ela reforça o quanto nosso otimismo frente ao futuro depende de que todos, ao redor do mundo, sejam vacinados", afirmou.

A pintura no Sambódromo é parte do Festival Tô me Guardando, promovida pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e que prevê, até o dia 28 de fevereiro, uma série de 380 atividades virtuais para celebrar o carnaval.

Entre as atividades previstas, há uma que será realizada próxima ao Theatro Municipal. Lá, o bloco Explode Coração vai pintar no chão a frase “Tô me guardando pra quando o carnaval chegar”.

Já na Praça do Ciclista, na Avenida Paulista, há uma exposição digital chamada Manhãs de Carnaval, com imagens da festa popular exibidas em um telão.

Amanhã (14), o bloco Minhoqueens vai fazer performances curtas em janelas de apartamentos localizados ao longo do Minhocão.

As intervenções serão registradas em vídeo e, posteriormente, o material editado será publicado nas redes do Minhoqueens e nos canais da Secretaria de Cultura.

A programação completa do festival pode ser consultada em no site da Prefeitura de São Paulo.


Notícias relevantes: