Últimas

Moradores de Ubatuba queimaram pneus em rodovia para impedir entrada de turistas

Os moradores da cidade bloquearam um trecho da rodovia Oswaldo Cruz, bloqueando o tráfego de carros e direção ao local


Divulgação
Barreira montada em Ubatuba
Crédito: Divulgação

Um grupo de moradores da cidade de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, bloqueou um trecho da rodovia Oswaldo Cruz na noite sexta-feira (26) para impedir a entrada de turistas na cidade. Eles incendiaram pneus colocados na via, bloqueando o tráfego de carros e direção ao município.

O objetivo dos manifestantes era evitar a entrada de turistas foram para o litoral norte de São Paulo durante os feriados municipais antecipados pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). A medida da prefeitura teve como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus na capital paulista.

O bloqueio foi encerrado somente na madrugada deste sábado (27), por volta das 2h30. Ninguém foi detido pela polícia.

Conforme reportagem do jornal Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (26), os paulistanos aproveitaram os feriados antecipados para viajar mesmo diante do cenário crítico da pandemia no estado de São Paulo, com colapso no sistema de saúde.

Cidades do litoral norte paulista como Ilhabela e São Sebastião chegaram a instalar barreiras sanitárias na entrada do município para realização de testes rápidos para Covid-19 nos turistas.

Em São Sebastião, a barreira foi montada na Rodovia Rio-Santos e os motoristas de carros com placa de fora da cidade tiveram que para para realização dos testes. Foram feitos 459 testes nesta sexta-feira, sendo que 19 deles deram positivo. Os turistas contaminados foram orientados a retornar.

Neste sábado, a Prefeitura de São Sebastião suspendeu a barreira sanitária e informou que tomou a decisão por orientação da Polícia Rodoviária Estadual. "Até segunda ordem, não serão mais programados bloqueios sanitários no município", informou a prefeitura, em nota.

Em nota, a Polícia Militar de São Paulo informou que as filas causadas pela barreira sanitária tiveram reflexos na Rodovia SP-55 no trecho entre a cidade de Bertioga e São Sebastião.

Informou ainda que reforçou o policiamento na região, mas negou que tenha orientado a prefeitura a suspender a barreira sanitária.

"Em nenhum momento houve intervenção ou solicitação de interrupção em ações de fiscalizações que são de inteira responsabilidade dos municípios", informou a PM em nota.

Todas as praias do litoral paulista estão com acesso proibido às praias durante a fase emergencial. Apesar da fiscalização, as prefeituras tiveram de recorrer a barreiras físicas nos acessos para impedir que banhistas burlassem as regras.

Na praia da Barra do Una, em São Sebastião, foram colocados tapumes de madeira nas ruas que dão acesso às faixas de areia.

A prefeitura de São Sebastião ainda determinou que piscinas, churrasqueiras e áreas comuns de condomínios residenciais fossem proibidas de funcionar no período do feriado.


Notícias relevantes: