Últimas

Último dia de março tem registro de quase 4 mil mortos pela covid-19 no Brasil

Com 3.950 mortes causadas pela covid-19 nas últimas 24h, crise sanitária agravada em março no país deve se estender crítica também em abril


REUTERS / Amanda Perobelli
A doutora Luciana Souza compara duas radiografias de tórax diferentes de um paciente enquanto conversa com um colega de um hospital de campanha criado para tratar pacientes que sofrem da doença de coronavírus (COVID-19) em Guarulhos, São Paulo
Crédito: REUTERS / Amanda Perobelli

Nas últimas 24h, o Brasil registrou a morte de 3.950 pessoas por causa da covid-19, segundo o novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa. Este registro diário é o maior desde o início da pandemia no país, há mais de um ano. Com este número, a quantidade de óbitos registrados no Brasil pela doença chega a 321.886.

Março se encerra com o montante de 66.868 óbitos no mês. Isso é mais do que o dobro das mortes registradas em julho de 2020, segundo pior mês da pandemia, quando houve 32.912 vítimas da doença.

A média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 2.971, pior marca pelo 6º dia consecutivo. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +42%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença. A média indica que o Brasil anotou pela 1ª vez mais de 20 mil óbitos em uma semana.


Notícias relevantes: