Últimas

Velório de Picciani ocorre no salão principal da Alerj


Tânia Rêgo/Agência Brasil
Rio de Janeiro - O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, devolve para o governo estadual medidas que constavam no pacote de ajuste fiscal proposto. (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O velório de Jorge Picciani, ex-deputado e presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) por seis mandatos consecutivos, teve início as 8h deste sábado (15) no saguão Getúlio Vargas, entrada principal do Palácio Tiradentes, no centro da cidade.

A cerimônia de despedida na Alerj está prevista para terminar às 10h e, em seguida, o corpo será trasladado para o cemitério Jardim da Saudade, no bairro da Sulacap, na zona oeste da cidade. Às 11h30 haverá uma cerimônia de cremação, restrita à família.

Picciani morreu aos 66 anos, na madrugada desta sexta-feira (14), no hospital Vila Nova Star, em  São Paulo, onde estava internado desde o dia 8 de abril, para tratar de um câncer na bexiga contra o qual lutava há alguns anos.

A  Assembleia Legislativa decretou luto oficial por três dias.


Notícias relevantes: