Últimas

Maranhão confirma primeiros casos de variante indiana da covid-19 no país

Contaminados são seis tripulantes do navio Shandong da Zhi, vindo da África do Sul


Divulgação
A variante indiana do coronavírus preocupa as autoridades
Crédito: Divulgação

A Secretaria de Saúde do Maranhão confirmou hoje os primeiros casos oficiais da cepa indiana (B.1.617.2) do novo coronavírus no Brasil. Os contaminados foram seis tripulantes do navio Shandong da Zhi, vindo da África do Sul e fretado pela Vale para entregar Minério de Ferro em São Luís.

A confirmação veio em entrevista coletiva concedida pelo secretário Carlos Lula, que também é presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Segundo ele, seis dos 24 tripulantes fizeram o teste genômico pelo Instituto Evandro Chagas e todos testaram positivo.

Um dos tripulantes segue internado em um hospital particular de São Luís. O quadro de saúde dele é estável, segundo o último boletim médico. Agora, segundo a SES, dentro do navio continuam 14 tripulantes com covid-19, dois com sintomas leves e 12 assintomáticos. Outros nove não foram diagnosticados com a doença.

A variante indiana do coronavírus preocupa as autoridades, já que ela tem uma ou duas alterações em sua proteína spike, dependendo da variante, o que pode significar uma maior resistência do coronavírus a respostas imunológicas do corpo, além de transmissibilidade aumentada.

O navio Shandong da Zhi segue ancorado na costa de São Luís e todos os tripulantes estão isolados e acompanhados por profissionais de saúde.


Notícias relevantes: