Últimas

Nova variante P.4 da covid é identificada no interior de SP

Não é possível saber ainda se a variante é mais contagiosa ou perigosa que as outras


Divulgação
Nova variante P.4 é identificada no interior de SP
Crédito: Divulgação

O pesquisador e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, João Pessoa Araújo Júnior, anunciou nesta terça-feira (25), que identificou a nova variante P.4 da covid-19. Segundo o especialista, a origem ainda é desconhecida, mas foi identificada primeiro em Mococa, no interior de São Paulo, e tem alta circulação em Porto Ferreira.

Segundo ele, não é possível saber se a variante é mais contagiosa ou perigosa do que o vírus 'comum'. "Essa nova variante é parente da P.1, porque ela tem a origem B.1.1.28, que é a linhagem que deu origem a P.1, a P.2 identificada no Rio de Janeiro e a P.3, identificada nas Filipinas", afirmou o pesquisador.

Análises feitas pela Unesp, onde o pesquisador também trabalha, foram submetidas ao Global Initiative on Sharing All Influenza Data (GISAID), iniciativa de acesso aberto a informações sobre genomas de vírus influenza e coronavírus.

De acordo com Araújo Júnior, a descoberta da nova variante é importante, pois mostra que ela está em ascensão. Ainda não há informações sobre o comportamento da variante.

"Essa variante está num ambiente onde a P.1 predomina, junto com a variante britânica, mas ela está subindo com uma frequência que nos preocupa. Por isso, foi reconhecida pela GISAID e agora, com esse nome, teremos condição de acompanhar melhor qual vai ser a disseminação do vírus. Quase imploramos para os órgãos competentes de saúde olharem com mais cuidado para essa região, pra minimizarmos a transmissão dessa variante P.4. para outras regiões, como aconteceu com a P.1", completou o pesquisador.


Notícias relevantes: