Últimas

Doria anuncia testes da ButanVac e retorno das aulas presenciais em agosto

Além da fase de testes da vacina, ampliação da abertura de escolas também foi anunciada


Divulgação
Doria anuncia testes da ButanVac e retorno das aulas presenciais em agosto
Crédito: Divulgação

Em coletiva nesta quarta-feira (16), o governador do estado de São Paulo, João Doria, anunciou que o pré-cadastro para testes da ButanVac, vacina totalmente brasileira produzida pelo Instituto Butantan, já está disponível. Os voluntários devem ter mais de 18 anos.

Os ensaios clínicos da fase 1 serão realizados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade da USP de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Nesta fase, participarão 418 voluntários selecionados acima de 18 anos.

O governador também informou que já tem 8 milhões de doses da ButanVac produzidas e estocadas no Instituto Butantan. Até o final de outubro, segundo Doria, serão 40 milhões de doses prontas para o uso.

 

VOLTA ÀS AULAS 

O governador também anunciou a ampliação da abertura das escolas a partir de agosto. "Neste novo plano, a partir de agosto cada escola deverá determinar a capacidade de acolhimento total de alunos de acordo com a sua realidade", disse Doria.

O anúncio foi feito em meio ao aumento do número de internações e óbitos.

O número limite de pessoas nas salas ficará a critério das escolas. Deve-se respeitar, no entanto, o distanciamento de um metro entre os alunos e professores. Até agora, o limite máximo era de 35%.

O secretário da Educação, Rossieli Soares, disse que não haverá mais limitação da capacidade. "Não teremos mais percentual limitador, mas sim dentro da realidade de cada uma das escolas respeitado um metro de distanciamento, olhando para a capacidade física e não de matrícula, poderemos ter todos os nossos estudantes dentro das escolas com outra regra de funcionamento', disse.

O governo também está adquirindo três milhões de testes para covid-19 destinados para profissionais da educação e estudantes. A compra está sendo feita por meio de ata de registro da Secretaria de Saúde e os testes serão aplicados em parceria com Secretarias Municipais de Saúde em casos sintomáticos. Também será feita avaliação sentinela para garantir vigilância epidemiológica escolar.

A volta presencial não é obrigatória durante o mês de agosto.


Notícias relevantes: