Últimas

São Paulo começa a vacinar quem tem 37 anos nesta segunda-feira

O grupo estimado para se vacinar contra a covid é de 149.529 moradores da capital


Divulgação
São Paulo começa a vacinar quem tem 37 anos nesta segunda-feira
Crédito: Divulgação

A Prefeitura de São Paulo antecipou o cronograma de vacinação contra a covid-19 estabelecido pelo PMI (Programa Municipal de Imunizações), na cidade de São Paulo e nesta segunda-feira (12) inicia a imunização da população com 37 anos, grupo estimado é de 149.529 moradores da capital.

A imunização vai acontecer nas 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nas 82 AMAs/UBSs integradas da capital, das 7h às 19h, além dos 21 drive-thrus e os 20 megapostos das 8h às 17h.

O governador João Doria (PSDB) anunciou neste domingo (11) que até o dia 20 de agosto, todos os adultos com mais de 18 anos deverão estar vacinados com pelo menos uma dose no Estado de São Paulo. Isto porque o governo antecipou em 26 dias a data final do cronograma de imunização contra a covid-19, inicialmente prevista para encerrar em 15 de setembro.

Segundo o governador, a antecipação do calendário de vacinação foi possível devido a aquisição de 30 milhões de doses extras da CoronaVac. "Destas, 2,7 milhões já chegaram e serão distribuídas aos municípios de paulistas e até dia 30 de julho. Outras 1,3 milhão de doses vão chegar e assim podemos garantir esse novo cronograma em São Paulo", afirmou o governador.

De acordo com a Prefeitura, para garantir as doses à população do município, será obrigatória a apresentação no ato da vacinação de um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e cartão do SUS (Sistema Único de Saúde).

 

DOCUMENTOS PARA SE VACINAR

No ato da vacinação, é necessário apresentar um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e cartão do SUS (Sistema Único de Saúde).

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como RG, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável.

Para que a aplicação ocorra de forma rápida possível, a administração municipal pede que o interessado em receber a dose realize um pré-cadastro no site Vacina Já. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento. Além disso, o cidadão deve permanecer atento ao site "De Olho na Fila", que mostra o movimento de todos os postos de vacinação.

 


Notícias relevantes: