Últimas

Cidade de São Paulo inicia imunização de adolescentes de 15 a 17 anos

Prefeitura estima que 357 mil jovens estejam nessa faixa etária e aguardam a vacinação


Divulgação
Cidade de SP inicia imunização de adolescentes de 15 a 17 anos
Crédito: Divulgação

A cidade de São Paulo começa nesta segunda-feira (30) a aplicação da vacina contra a covid-19 em adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades. A prefeitura estima que cerca de 357 mil jovens estejam nessa faixa etária e precisam da imunização.

O início da vacinação desse grupo só foi possível porque a cidade recebeu na sexta-feira (27) cerca de 400 mil novas doses da vacina Pfizer, única autorizada até agora pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunização de menores de idade no Brasil.

Adolescentes que já tomaram a 1ª dose também podem se inscrever na chamada lista da "xepa" para adiantar a 2ª dose.

Para se vacinar em SP é obrigatório apresentar comprovante de residência na capital, um documento de identificação e estar acompanhado pelo responsável no momento da vacinação. Se isso não for possível, é necessário estar com um adulto e apresentar uma autorização assinada pelo responsável.

Além do novo grupo, a capital paulista vai continuar vacinando jovens de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiência permanente (física, sensorial ou intelectual), gestantes e puérperas.

Segundo a gestão municipal, até este domingo (29) a capital paulista vacinou apenas 25% dos adolescentes desse grupo, apesar da instalação de postos de vacinação em sete parques da cidade no fim de semana.

Toda a rede deve estar em operação para a vacinação nesta segunda-feira: 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs); megapostos com acesso a pedestres, postos que funcionam exclusivamente em sistema drive-thru e a rede de farmácias parceiras. A vacina também estará disponível em AMAs/UBSs Integradas, unidades do Serviço de Atenção Especializada (SAE) e nos Centros de Saúde. (Veja a lista completa dos endereços)

Pelo Filômetro, é possível acompanhar a situação de espera nos postos de vacinação contra Covid-19 que estão em funcionamento na cidade. Na página também é possível conferir quais vacinas estão disponíveis para aplicação de segunda dose em cada unidade.

'Xepa' da 2ª dose

A Prefeitura de São Paulo informou também que a partir desta segunda (30) as doses remanescentes das vacinas contra a covid-19 serão destinadas também aos adolescentes com mais de 12 anos sem comorbidades.

Os adolescentes que já tomaram a primeira dose a mais de 30 dias podem se inscrever na chamada "xepa da vacina" para adiantar a aplicação da segunda dose.

"A aplicação de doses remanescentes está sujeita à disponibilidade ao final do dia em cada Unidade Básica de Saúde (UBS). Cada unidade de saúde deverá organizar uma lista de espera com os usuários de sua área de abrangência, que atendam aos critérios de intervalo entre as doses, com telefones para convocação do público interessado. Pode ser se inscrever quem mora, estuda ou trabalha na região da unidade", informou a gestão municipal.

Para se inscrever na lista da "xepa" é necessário apresentar comprovante de residência no município. As inscrições podem ser realizadas durante o horário de funcionamento das UBSs e o chamamento é realizado por ordem de inscrição

Quem estiver aguardando a segunda dose do imunizante pode se cadastrar na fila de espera por doses remanescentes, a chamada "xepa da vacina", em uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Pode ser contemplado pela "xepa" quem tiver tomado a primeira dose da AstraZeneca ou da Pfizer há pelo menos 30 dias. No caso da CoronaVac, é preciso ter tomado a primeira dose há, no mínimo, 15 dias. Para se inscrever, é preciso levar um comprovante de residência até um posto de saúde e aguardar ser chamado.


Notícias relevantes: