Últimas

Após instalação de câmeras, transporte público tem queda em casos de vandalismo


Divulgação
Cada ônibus conta com pelo menos quatro câmeras instaladas
Crédito: Divulgação

A instalação de câmeras de segurança no interior dos ônibus fez cair o número de casos de vandalismo no transporte público municipal, revelam dados da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte. Antes desse investimento, a cidade tinha uma média de 19,3 casos de vandalismo ao mês. Após a instalação, os números começaram a cair: em 2019, foram 12,3 casos e, neste ano, 2,6. Devido à diminuição de circulação de pessoas na pandemia, não houve registro em 2020.

“É a tecnologia servindo ao cidadão e tornando nosso transporte público mais seguro, dentro das propostas de transformar Jundiaí cada vez mais em uma Cidade Inteligente”, observa o prefeito Luiz Fernando Machado. “Além das câmeras, o município também investiu na tecnologia embarcada para o pagamento da passagem com cartões de débito e crédito, o que tornou Jundiaí a primeira cidade da América Latina com esse sistema em 100% da frota.”

Quando a vítima faz a denúncia pelo 156 ou pelo APP Jundiaí, as imagens são verificadas e encaminhadas à polícia para o devido tratamento do caso. Além de vandalismo, as câmeras registram outras ocorrências. Desde o início de 2021, foram 23 casos, entre vandalismo (18), furto/roubo (2), assédio (2) e agressão (1). Todos foram pontuais, sem concentração em linha específica. Nos dois casos de furto/roubo e nos dois de assédio registrados, graças às câmeras houve a identificação dos criminosos, com providências tomadas pela polícia.

O gestor de Mobilidade e Transporte, Aloysio Queiroz, lembra que as câmeras permitem verificar também se uma reclamação feita por um usuário no 156 é procedente e o que pode ser feito para solucionar o problema. “Em conjunto com as empresas que fazem o transporte, pretendemos, em breve, instalar antenas de internet nos sete terminais de ônibus da cidade e em outros pontos estratégicos e, dessa forma, ter acesso às imagens antes de o ônibus retornar à garagem”, explica Aloysio. “Nossa ideia é integrar essa tecnologia cada vez mais às centrais de monitoramento, tanto à da Gestão de Mobilidade e Transporte quanto à da Guarda Municipal.”

Em Jundiaí, desde 2017, toda a frota do sistema de transporte coletivo – cerca de 300 ônibus – conta com quatro câmeras de vigilância instaladas em cada veículo.


Notícias relevantes: