Últimas

Aparecida recebe 70 mil fiéis no Dia de Nossa Senhora


Divulgação
Movimento nas estradas para Aparecida subiu 30% no feriado
Crédito: Divulgação

Na primeira celebração dedicada ao dia de Nossa Senhora Aparecida, em que as missas foram abertas ao público por causa da pandemia do novo coronavírus, mais de 70 mil fiéis estiveram presentes no Santuário Nacional Aparecida (180 km de SP) nesta terça-feira (12), de acordo com o balanço divulgado pelo santuário nesta quarta (13).

O número foi mais que o dobro que em 2020, quando a presença nas celebrações foi restrita. No ano passado, 30 mil pessoas estiveram presentes no local. A expectativa, contudo, de que os devotos chegassem a um número próximo 160 mil fiéis, como em 2019, período antes da pandemia, acabou não sendo batido.

Ao todo, foram realizadas 14 missas ao longo do dia. No interior da Basílica, 2.500 fiéis puderam estar presentes a cada celebração, enquanto no Centro de Eventos Padre Vítor, o número alcançou o limite de 5.000 pessoas por missa. O uso de máscara foi obrigatório em todo o complexo.

A missa solene, principal celebração do dia, às 9h, foi presidida pelo arcebispo de Aparecida, dom Orlando Brandes. O tema deste ano: "Com Maria, somos povo de Deus, unido pela aliança" inspirou a reflexão deste dia festivo. A celebração foi antes da chegada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em sua homilia, o religioso criticou bandeiras bolsonaristas e fez alertas sobre o armamento da população, o discurso de ódio e as notícias falsas e defendeu a ciência e a vacinação contra o coronavírus.

Bolsonaro chegou por volta das 14h. Ele recebeu aplausos e vaias ,e ouviu sermão com alertas sobre covid e desemprego.

O número de romeiros que caminhou em direção ao santuário pela rodovia Presidente Dutra aumentou. Neste ano, 32.205 pessoas andaram até a cidade, enquanto em 2020, 16.580 passaram a pé pela via, de acordo com dados da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

A rodovia registrou sete acidentes, sendo quatro deles graves e que mataram quatro pessoas atropeladas. Além disso, outras duas ficaram feridas.

Ainda, de acordo com a PRF, houve um aumento de 26% no número de acidentes nas estradas federais paulistas: 76 em 2020, contra 91 neste ano, tendo 108 feridos e 11 mortos, contra 94 feridos e cinco mortos no mesmo feriado de 2020.


Notícias relevantes: