Últimas

Chuva chega a SP e deixa cidade em estado de atenção para alagamentos


DIVULGAÇÃO
Chuvas que causaram estrago na Bahia devem chegar ao Sudeste nesta quarta (29)
Crédito: DIVULGAÇÃO

As chuvas intensas atingiram a cidade de São Paulo, nesta quinta-feira (30), fizeram com que a capital entrasse em estado de atenção para alagamentos. A informação foi divulgada pelo CGE-SP (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo).

Todas as zonas da cidade estão em estado de atenção ? a zona Sul desde 15h58, enquanto as zonas Leste, Norte, Oeste e Centro entraram em nível de atenção às 16h30.

Segundo nota do Centro de Gerenciamento, as chuvas estão vindo do interior do estado, formadas por calor e umidade. "As próximas horas seguem com tempo instável, com chuva com potencial para alagamentos e rajadas de vento", afirma o órgão.

Diz a Prefeitura que os próximos dias seguem com "condições típicas de verão, ou seja, sol entre nuvens, tempo abafado e pancadas de chuva concentradas no final das tardes".

Amanhã, na véspera de ano novo, haverá sol entre nuvens e temperaturas mais altas ao longo do dia, com mínima de 18°C e máxima de 25°C. Mas, à tarde, vem a chuva.

"No decorrer da tarde a nebulosidade aumenta e ocorrem chuvas na forma de pancadas, com trovoadas e rajadas de vento. No decorrer da noite as instabilidades vão perdendo força, restando apenas pontos isolados e variação de nuvens para a hora da virada", afirma o CGE-SP.

O primeiro dia de 2022 seguirá com o clima de forma semelhante. Durante o dia, afirma a prefeitura, a temperatura mínima será de 18°C, enquanto a máxima pode superar 26°C. Chuvas com rajadas de vento devem acontecer na parte da tarde.

Essa chuva chega à São Paulo após causar estragos no estado da Bahia. Os temporais se deslocam em direção ao sudeste do país e devem permanecer por até dez dias.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), trata-se de uma zona de convergência do Atlântico Sul (ZCAS). Esse fenômeno forma corredores da região amazônica até a área central do Atlântico sul, provocando fortes chuvas.

Esses temporais já causaram estragos na região do Grande ABC. Em Santo André, uma enxurrada invadiu lojas e inundou uma estação de trem.

 

Veja as orientações da Prefeitura de São Paulo para amenizar efeitos dos alagamentos:

- Evite transitar em ruas alagadas;

- Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas;

- Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;

- Mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;

- Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;

- Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) através do número 156 ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais vias.


Notícias relevantes: