Últimas

Com alta de covid, cidades de SP recomendam uso de máscara em escolas

O uso deixou de ser obrigatório em espaços fechados pelo então governador do estado de São Paulo João Doria (PSDB) no dia 17 de março


Em meio a alta de casos de covid-19 nas últimas semanas, cidades em São Paulo voltaram a recomendar o uso de máscaras em escolas. É o caso de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

Poá, localizada também na Grande São Paulo, inclui, desde março, instituições de ensino como um dos locais em que o equipamento de proteção é obrigatório, assim como transporte público e unidades de saúde.

Considerada essencial para evitar a transmissão da covid -19, a máscara deixou de ser obrigatória em espaços fechados pelo então governador do estado de São Paulo João Doria (PSDB) no dia 17 de março.

Apesar das novas recomendações nestas cidades, a situação no estado não é alarmante. Nesta quarta-feira (25), São Paulo registrou 6.586 novos casos de coronavírus, ou seja, uma média móvel de sete dias de 2.239 casos por dia, que representa uma queda de 43% em relação ao dado de duas semanas atrás.

Já a média de óbitos é de 28 mortes por dia, o que aponta estabilidade (sem variações superiores a 15% em relação ao dado de duas semanas atrás).

Prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB) disse, durante live realizada na segunda-feira (23), que a recomendação é que, ao registrar um caso de covid -19, escolas devem obrigar o uso de máscaras durante sete dias. "Isso vai impedir que as aulas sejam suspensas", disse ele que o protocolo deve ser mantido durante o inverno, período em que, geralmente, síndromes gripais registram uma alta de casos e internações.

Serra informou que a cidade registrou um aumento de 36% dos casos nas últimas duas semanas. Porém, Santo André tem apenas seis pacientes internados por covid -19 e não teve nenhum óbito no mês de maio nos hospitais públicos da cidade.

Orlado Morando (PSDB), à frente da prefeitura de São Bernardo do Campo, também fez uma live, no último dia 20, para explicar as novas recomendações.

"Estamos comunicando profissionais da educação, escolas, igrejas que há uma recomendação para o uso da máscara. Quem não quiser usar, saiba que o risco aumentou", alertou ele que informou que, durante o dia 9 a 16 de maio a cidade registrou 414 novos casos da covid -19, um número 667% maior do que o mesmo período no mês anterior.

A secretária de Saúde de São Caetano do Sul disse, também em uma live realizada na segunda-feira (23), que a prefeitura recomenda que, durante o período de alta transmissibilidade pelo frio, em que as pessoas ficam com maior frequência em lugares fechados, que as máscaras sigam em uso para evitar a contaminação.

"O uso das máscaras nesses locais é extremamente importante, como transportes, ambientes de saúde, escolas, até pelo menos o final do inverno", disse ela.

Na capital paulista, a obrigatoriedade para o uso de máscaras segue em transportes públicos e unidades de saúde. Porém, algumas escolas particulares vem retornando o uso de máscaras com a recém alta de casos e como forma de evitar a suspensão do presencial.

O Colégio Santa Cruz, no Alto de Pinheiros, enviou um comunicado aos responsáveis no último dia 19 de maio, em que informou que foram registrados 63 casos de covid -19 na escola, entre educadores e alunos.

"Por isso, o uso de máscaras N95/PFF2 ou do modelo cirúrgico nos ambientes fechados da escola continua obrigatório. Esta medida é temporária e pode ser revista caso o cenário da pandemia se altere", informou o comunicado.

O diretor Fabio Aidar explica que no caso de três casos positivos na mesma sala, a classe tem as aulas presenciais suspensas e os alunos retornam para o ensino remoto. Nesta semana, ele calcula que cerca de três salas estão suspensas. "É um número que representa 5% das nossas turmas, não é tão expressivo, mas não queremos que isso piore", explica ele.

O Colégio São Francisco, localizado no Tatuapé, emitiu um comunicado aos pais, nesta terça-feira (24), em que devido a alta de casos recomenda e incentiva que nos ambientes escolares seja mantido o uso de máscara "bem como solicitamos que os (as) senhores (as) incentivem igualmente o uso", diz a nota.

O Colégio Pio XII, no Morumbi, também solicitou, desde segunda-feira (23), que os alunos utilizem novamente as máscaras nos espaços fechados do colégio.


Notícias relevantes: