Últimas

Famosos apoiam Giovanna Ewbank após discussão com mulher suspeita de racismo

Segundo a assessoria da atriz, a discussão aconteceu depois que uma mulher branca xingou Titi e Bless e também um grupo de angolanos


Divulgação
Gio Ewbank
Crédito: Divulgação

A atitude de Giovanna Ewbank, 35, de defender os filhos Titi, 9, e Bless, 7, de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, recebeu apoio de famosos nas redes sociais.

Segundo a assessoria da atriz, a discussão aconteceu depois que uma mulher branca, que estava no restaurante, xingou Titi e Bless e também um grupo de angolanos.

"Eu arrebentaria com os dentes dela. Podem dizer que eu ia perder a razão, que não deveria, mas nada, nada justifica essa senhora fazer isso", disse Xuxa. Para a apresentadora, quem aceita racismo deveria morar na Lua, Marte ou Plutão. "Não podemos mais aceitar ou tolerar gente assim".

"Racista se trata na porrada ou na humilhação pública. Não há outro caminho. Parabéns, Gioh. Serei sempre seu fã", disse o comunicador Felipe Neto.

Astrid Fontenelle, que também tem um filho negro, afirmou que faria igual e chamaria a polícia em seguida.

No Instagram, a atriz Fabíula Nascimento pediu "cadeia para os racistas" e foi apoiada pela atriz Drica Moraes e pela jornalista Fernanda Gentil.

Para Deolane Bezerra, o único erro de Giovanna foi "não ter dado uma porrada".

Ao comentar a notícia, Bruna Marquezine chamou a amiga de perfeita, leoa e mãezona da porra. "Fogo nos racistas. Nojentos. Não passarão", disse.

Rafael Zulu afirmou que Giovanna é uma aliada na luta contra o racismo.

"Todo meu amor", declarou Marcelo Serrado.

A ex-BBB Lumena comemorou a atitude da atriz. "Que satisfatório a Giovanna Ewbank macetando uma mulher que foi racista com seus filhos".


Notícias relevantes: